Nupemec promoverá palestra sobre Justiça Restaurativa

28/07/2021 16:37

Na próxima terça-feira (3), às 19 horas (MS), o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), coordenado pelos desembargadores Vladimir Abreu da Silva (Conciliação) e Ruy Celso Barbosa Florence (Justiça Restaurativa e Mediação), realizará a palestra "Conversando sobre a Justiça Restaurativa", por meio da plataforma Microsoft Teams. O Des. Ruy Celso fará a abertura da palestra e o juiz Vinicius Pedrosa Santos será o debatedor.

O palestrante será o juiz Alexandre Karazawa Takaschima, da 2ª Vara Criminal de Lages (SC). Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), o magistrado já atuou como juiz auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça do TJSC, juiz auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), integrante do Comitê Gestor da Justiça Restaurativa do CNJ; da Comissão Técnica do Grupo Gestor da Justiça Restaurativa de Santa Catarina e do Núcleo de Justiça Restaurativa de Lages.

Importante ressaltar que, visando atender determinação do CNJ de implantar a Justiça Restaurativa Penal na justiça sul-mato-grossense, em junho de 2021, o Nupemec disponibilizou curso de formação de facilitadores da Justiça Restaurativa para 40 participantes. O módulo teórico, com 40 horas-aulas, foi ministrado pelos juízes Kelly Gaspar Duarte Neves, Melyna Machado Mescouto Fialho e Vinícius Pedrosa Santos e pelas instrutoras Andreia de Lima Duca Bobadilha e Maria Cecília da Costa.

O estágio prático supervisionado, com carga horária de 100 horas, está sob a responsabilidade de Maria Cecília da Costa. Destaque-se que até o mês de setembro os 40 participantes do curso atuarão em casos reais, sob a supervisão do Nupemec.

A palestra terá duas horas de duração e poderá ser assistida pelo link https://teams.microsoft.com/l/meetup-join/19%3ameeting_NzMzMzVkN2MtYzEyZC00NjI2LTliNjUtZDRlNzBlNGEyNzJk%40thread.v2/0?context=%7b%22Tid%22%3a%226374526d-7bd1-4665-85b6-b28a09f5a6c8%22%2c%22Oid%22%3a%225c59c421-cda8-4b4d-abed-b8eb43e8db81%22%7d

Em caso de dificuldade para acessar pelo link, é possível assistir pelo site https://www5.tjms.jus.br/salasvirtuais/primeirograu, na Sala de Espera – NUPEMEC.

O evento é aberto ao público e os magistrados coordenadores do Nupemec convidam servidores, magistrados, advogados, defensores públicos, procuradores e promotores da justiça, acadêmicos e instituições acadêmicas e demais autoridades em aprender mais sobre o tema.

Saiba mais – Para quem não conhece, a Justiça Restaurativa tem como foco principal semear a justiça e pacificar conflitos. Na verdade, a Justiça Restaurativa é um processo colaborativo que envolve mais diretamente os afetados por um crime, chamados de partes interessadas principais, para determinar qual a melhor forma de reparar o dano causado pela transgressão.

Os delitos são vistos, principalmente, como uma violação às pessoas, à comunidade, reunindo os responsáveis e os familiares afetados pela conduta delitiva para tratar as causas e as consequências de tal conduta, além de corrigir a injustiça cometida.

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação - imprensa@tjms.jus.br