Poder Judiciário - Página inicial.
Notícias
Nupemec promove mediações e conciliações por videoconferência até no exterior
19/06/2020 - 14:56
Esta notícia foi acessada 695 vezes.


O Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), por meio dos Cejuscs (Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania) deu início à realização de diversas sessões de mediação e conciliação por videoconferência como adoção de boas práticas que visem a garantia do distanciamento social em tempos de pandemia.

Nesta semana, foi realizada uma mediação da 1ª Vara de Família da Capital utilizando a plataforma de videoconferência “Cisco Webex”, fornecida pelo Conselho Nacional de Justiça. A audiência reuniu uma parte que estava fora do país, na Cidade do Porto, em Portugal, e a outra em Campo Grande.

Já a Câmara Privada “Diálogus” também deu início ao uso do sistema e, na semana passada, realizou três sessões de mediação pré-processual em que uma das partes reside em São Paulo.

Todos os mediadores e conciliadores do Nupemec possuem treinamento e experiência em realizar o procedimento por meio de videoconferência, isto porque, antes mesmo de surgir a pandemia da Covid-19, já eram realizadas sessões de mediação e conciliação por videoconferência nos Cejuscs de Campo Grande e daquelas comarcas do interior onde não fora instalado Cejusc ou não há mediadores e conciliadores capacitados nos moldes da Resolução 125-CNJ.

Os Desembargadores do Nupemec já oficiaram todas as Varas Residuais Cíveis e Varas de Família dando informações detalhadas a respeito de como proceder para o uso da plataforma indicada pelo CNJ e pelo TJMS, inclusive sugerindo meios para facilitar o agendamento e intimação das partes do processo e nos atendimentos pré-processuais os Cejuscs já estão agendando as sessões e as realizando por meio de videoconferência.

Saiba mais – Durante o período de enfrentamento da pandemia causada pela Covid-19, que exige o isolamento social e, como consequência, as restrições de locomoção, persiste a necessidade da prática de atos processuais e pré-processuais que implicam interação entre magistrados e demais atores do Sistema de Justiça. Especialmente para aqueles casos que exigem rápida resposta do Judiciário.

Em razão disso e para propiciar mais uma opção aos tribunais e magistrados brasileiros, o CNJ colocou à disposição a Plataforma Emergencial de Videoconferência para Atos Processuais.

O projeto decorre de Acordo de Cooperação Técnica celebrado com a Cisco Brasil Ltda e não implica em quaisquer custos ou compromissos financeiros. Além disso, sua duração é concomitante ao período especial vivenciado pela pandemia.

De outro lado, trata-se de uma opção conferida aos tribunais e significa que outras soluções tecnológicas semelhantes possam ser utilizadas, desde que alcancem o mesmo objetivo.



Autor da notícia: Secretaria de Comunicação, com informações do CNJ


Voltar
Seu nome:
Seu email:
Email dos amigos
(no máximo 10 emails separados por vírgulas):
Mensagem:

Processando...
Copyright © 2013 TJ-MS - Av. Mato Grosso - Bloco 13 - Fone: (67) 3314-1300 - Parque dos Poderes - 79031-902 - Campo Grande - MS
Fórum de Campo Grande - Fone: (67) 3317-3300 / CIJUS - Centro Integrado de Justiça - Fone: (67) 3317-8600
Horário de Expediente: 12h às 19h.