Coordenadoria da Mulher atende comarcas do interior com formação

30/07/2021 17:03

No mês de julho, a Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar em MS promoveu várias ações, permitindo o envolvimento de toda a equipe. Uma das ações foi o curso de replicação do Programa Dialogando Igualdades para as comarcas de Caarapó e Guia Lopes da Laguna, com a participação da juíza Melyna Machado Mescouto Fialho, da 2ª Vara Cível e Criminal de Jardim.

Importante ressaltar que, desde que foi implantado em Campo Grande, o programa Dialogando Igualdades já foi replicado em outras comarcas, já que a proposta do grupo reflexivo para autores de violência doméstica é promover uma mudança cultural sobre a violência contra a mulher, a partir da reflexão e responsabilização de homens autores de violência doméstica e familiar contra a mulher, por meio de atividades grupais de caráter reflexivo e psicopedagógico.

Outra proposta desenvolvida foi o programa de formação de Fortalecimento da Rede de Atendimento e Enfrentamento à Violência Contra a Mulher. Nesta etapa, a comarca de Nova Alvorada do Sul foi a primeira a receber a capacitação.

O curso foi realizado a pedido do juiz Jessé Cruciol Jr, titular da Vara Única daquela comarca, em parceria com a Coordenadoria Pública para as Mulheres do município. A formação foi realizada com uso de tecnologia e teve como inovação um módulo específico sobre a aplicabilidade do Formulário Nacional de Avaliação de Risco.

A juíza Helena Alice Machado Coelho, que responde pela Coordenadoria da Mulher do TJMS, abriu a programação e reforçou a importância do trabalho em rede no combate à violência contra as mulheres. O juiz Jessé destacou que a rede precisa acolher as mulheres e prestar atendimento célere e desburocratizado, e lembrou que esse treinamento colabora para a qualificação.

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação - imprensa@tjms.jus.br