CNJ promove segunda edição da Jornada da Leitura no Cárcere

21/09/2021 16:41

O Conselho Nacional de Justiça, em parceria com o Observatório do Livro e da Leitura, promove a segunda edição da Jornada da Leitura no Cárcere, evento online e gratuito para fortalecer o acesso ao livro e à leitura a pessoas privadas de liberdade. O encontro dará destaque à Resolução n. CNJ 391/2021, que aborda a remição de pena por meio de práticas socioeducativas.

Entre os dias 21 e 23 de setembro, das 14h30 às 17 horas (horário de Brasília), no Canal YouTube CNJ, escritores e especialistas de todo o país abordarão temas que incluem o papel das bibliotecas prisionais, a leitura por meio de práticas não escolares e práticas de leitura e escrita em ambientes prisionais. Haverá ainda dois saraus, sendo um deles transmitido ao vivo desde uma unidade prisional.

O evento é uma oportunidade para aprimorar e qualificar os profissionais que atuam em projetos de leitura no sistema carcerário, a partir das exposições e reflexões sobre práticas bem sucedidas e trocas de experiências, bem como para preparar mais pessoas para atuar com esse tema e, assim, expandir as ações que permitem a remição das penas por livros lidos, que é uma pauta importante para o CNJ.

A programação da Jornada da Leitura no Cárcere, além das reflexões sobre o tema, terá uma mostra de algumas das principais práticas de promoção da leitura no sistema prisional brasileiro. Confira a programação completa do evento no link https://www.cnj.jus.br/wp-content/uploads/2021/09/2-jornada-da-leitura-no-carcere-programacao.pdf.

O evento integra as atividades do programa Fazendo Justiça, parceria do CNJ, por meio do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF), com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e apoio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) para incidir em desafios no campo da privação de liberdade.

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação - imprensa@tjms.jus.br