Práticas restaurativas são ministradas em formação a profissionais da educação de MS

05/10/2021 17:42

Assinado em 2012, o termo de cooperação entre o Tribunal de Justiça de MS e a Secretaria de Estado de Educação (SED) tem rendido frutos, por isso, nos dias 4 e 5 de outubro foi realizado o curso Facilitadores de Práticas Restaurativas nas Escolas. A capacitação foi voltada aos profissionais da educação que atuam nas 12 Coordenadorias Regionais de Educação (CRES) da rede estadual de ensino de Mato Grosso do Sul.

O curso teve como objetivo formar multiplicadores das práticas restaurativas nas escolas. Dessa forma, cada uma das coordenadorias terão dois facilitadores para atender as escolas, com o conhecimento adquirido na formação.

Alguns participantes do curso já possuíam projetos nos municípios voltados à prevenção do bullying e poderão incorporar as ideias restaurativas no que já vem sendo aplicado. Para a facilitadora do programa da Justiça Restaurativa, Maria Alice Alves da Motta, o curso é a concretização de um sonho.
 
“Assim, podemos colaborar com a resolução de conflito, a prevenção de conflitos no espaço escola, não apenas em Campo Grande, mas em muitos outros municípios também”, ressaltou.

Participaram da capacitação profissionais de Campo Grande, Aquidauana, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas, além dos facilitadores que atuam no Programa da Justiça Restaurativa no TJMS.

Com a finalização do curso presencial, os participantes serão acompanhados pelos tutores que atuam no Poder Judiciário nas ações desenvolvidas nas escolas.

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação - imprensa@tjms.jus.br